fbpx

Concurso cultural premia duas pacientes do HA com viagem ao Nordeste

Izabella Lessa (gerente comercial da Azul Viagens), Luzia Aparecida (ganhadora do Concurso de Cartas) e Aline Dias (assistente do Instituto Sociocultural).

Já dizia o famoso poeta brasileiro, Mário Quintana: “Viajar é mudar a roupa da alma”. Uma viagem enche a bagagem de história, nos enriquece de experiências e renova os ares. Os benefícios podem ser tanto físicos quanto psicológicos para aqueles que estão interessados em ‘turistar’ pelo mundo. Sempre focado em desenvolver projetos para os pacientes, acompanhantes e colaboradores do Hospital de Amor, e também com o objetivo de disseminar a humanização e a conscientização sobre a importância da prevenção contra o câncer de mama, o Instituto Sociocultural da instituição, em parceria com a Azul Linhas Aéreas, lançou, no dia 12 de novembro, o 1º Concurso de Cartas: “Próximo destino: a vitória”.

Contando suas histórias de superação e encorajando as outras pacientes a enfrentar a luta contra o câncer de mama, as participantes (mulheres que realizam ou realizaram tratamento há mais de dois anos no HA) tinham uma missão: escrever uma carta à mão, demonstrando momentos, situações e sentimentos que trouxeram força e coragem para seguir a batalha, e que servissem de inspiração para aquelas que estão iniciando o tratamento.

Ao todo, o Hospital recebeu 25 cartas. Foram 25 relatos diferentes e emocionantes sobre uma mesma fase da vida. Após uma criteriosa avaliação realizada por uma comissão julgadora, formada pela Azul Linhas Aéreas e pelo Instituto Sociocultural, observou-se itens como: tema do concurso; qualidade; nitidez; emprego do português correto e lógica do começo ao fim. Duas mulheres venceram o concurso. O presente delas não poderia ser mais especial: 7 noites com destino a Natal (belíssima capital do Estado do Rio Grande do Norte, localizada na região Nordeste do Brasil), com direito a 1 acompanhante, passagens aéreas de ida e volta, hospedagem em um luxuoso resort e passeios.

Luzia recebendo o prêmio da gerente comercial da Azul, Izabella.

A iniciativa
Há nove anos se dedicando de forma intensa a campanha Outubro Rosa e diversas mobilizações contra o câncer de mama, a Azul Linhas Aéreas apoiou essa iniciativa. Após acompanhar a mãe durante o tratamento da doença e ver de perto as dificuldades que esse processo traz para a vida de algumas mulheres, a gerente comercial da Azul Viagens, Izabella Lessa, resolveu abraçar o concurso. “Quando minha mãe descobriu que estava com câncer de mama, estávamos com uma viagem agendada. Por conta das restrições que os procedimentos causam, tivemos que cancelar.

Assim que o tratamento acabou, fomos para Maceió (AL) e eu pude ver o efeito que aquela viagem causou nela. Ela respirava felicidade, se renovou! A partir disso, eu decidi que tinha que fazer isso na vida de outras mulheres. Eu tinha que mostrar a elas que essa ‘passagem’ pode ter um outro lado: neste caso, uma viagem maravilhosa, para que elas aproveitem esses dias de sol, mar e, principalmente, renovação”, contou Izabella.

A vencedora Maria Ismar enviou um recado em agradecimento pela oportunidade.

Vencedoras
O presente foi mais do que merecido. Além de ter a oportunidade de conhecer outra região do país, as duas vencedoras do concurso de cartas poderão viajar, pela primeira vez em suas vidas, de avião.

A professora Luzia Aparecida Gerondo Dionízio da Silva, de Santa Ernestina (SP), município localizado a 115 km de Barretos, terá a chance de realizar uma viagem com o marido, William.  Receber a notícia de que eu era uma das ganhadoras foi muito emocionante. Eu senti uma alegria indescritível. Quando a gente descobre que está com câncer, nunca imaginamos que isso irá trazer algum tipo de alegria. Ganhar essa viagem é um conforto diante de tudo o que eu passei. Eu chorei muito de emoção, mas agora estou muito ansiosa para viver tudo isso”, afirmou a professora.

A aposentada Maria Ismar de Freitas Consone, de Colíder, cidade do estado de Mato Grosso, não poder comparecer pessoalmente à entrega do prêmio, mas enviou um recado em agradecimento pela oportunidade. Para ela, a viagem será uma grande chance para descansar e espairecer. “Durante os procedimentos, a gente se sente muito cansada, pois é um tratamento longo e de momentos difíceis. Ganhar esse presente vai me ajudar muito! Há anos eu não vou à praia e eu nunca andei de avião. Estou muito feliz por ter sido contemplada e só tenho que agradecer à Azul e ao Instituto do Hospital de Amor, por fortalecerem e alegrarem o meu coração”, declarou.

 

 

Confira os textos das vencedoras do 1º Concurso de Cartas: “Próximo destino: a vitória”.

Carta da Maria Ismar.

 

Carta da Luzia. (página 1)
Carta da Luzia. (página 2)
Carta da Luzia. (página 3)
Carta da Luzia. (página 4)

 

 


Publicado em 27 de dez de 2018   |   Artigos, Destaques, Institucional, Prevenção, Diagnóstico e Tratamento, Pacientes e Familiares
Izabella Lessa (gerente comercial da Azul Viagens), Luzia Aparecida (ganhadora do Concurso de Cartas) e Aline Dias (assistente do Instituto Sociocultural).

Já dizia o famoso poeta brasileiro, Mário Quintana: “Viajar é mudar a roupa da alma”. Uma viagem enche a bagagem de história, nos enriquece de experiências e renova os ares. Os benefícios podem ser tanto físicos quanto psicológicos para aqueles que estão interessados em ‘turistar’ pelo mundo. Sempre focado em desenvolver projetos para os pacientes, acompanhantes e colaboradores do Hospital de Amor, e também com o objetivo de disseminar a humanização e a conscientização sobre a importância da prevenção contra o câncer de mama, o Instituto Sociocultural da instituição, em parceria com a Azul Linhas Aéreas, lançou, no dia 12 de novembro, o 1º Concurso de Cartas: “Próximo destino: a vitória”.

Contando suas histórias de superação e encorajando as outras pacientes a enfrentar a luta contra o câncer de mama, as participantes (mulheres que realizam ou realizaram tratamento há mais de dois anos no HA) tinham uma missão: escrever uma carta à mão, demonstrando momentos, situações e sentimentos que trouxeram força e coragem para seguir a batalha, e que servissem de inspiração para aquelas que estão iniciando o tratamento.

Ao todo, o Hospital recebeu 25 cartas. Foram 25 relatos diferentes e emocionantes sobre uma mesma fase da vida. Após uma criteriosa avaliação realizada por uma comissão julgadora, formada pela Azul Linhas Aéreas e pelo Instituto Sociocultural, observou-se itens como: tema do concurso; qualidade; nitidez; emprego do português correto e lógica do começo ao fim. Duas mulheres venceram o concurso. O presente delas não poderia ser mais especial: 7 noites com destino a Natal (belíssima capital do Estado do Rio Grande do Norte, localizada na região Nordeste do Brasil), com direito a 1 acompanhante, passagens aéreas de ida e volta, hospedagem em um luxuoso resort e passeios.

Luzia recebendo o prêmio da gerente comercial da Azul, Izabella.

A iniciativa
Há nove anos se dedicando de forma intensa a campanha Outubro Rosa e diversas mobilizações contra o câncer de mama, a Azul Linhas Aéreas apoiou essa iniciativa. Após acompanhar a mãe durante o tratamento da doença e ver de perto as dificuldades que esse processo traz para a vida de algumas mulheres, a gerente comercial da Azul Viagens, Izabella Lessa, resolveu abraçar o concurso. “Quando minha mãe descobriu que estava com câncer de mama, estávamos com uma viagem agendada. Por conta das restrições que os procedimentos causam, tivemos que cancelar.

Assim que o tratamento acabou, fomos para Maceió (AL) e eu pude ver o efeito que aquela viagem causou nela. Ela respirava felicidade, se renovou! A partir disso, eu decidi que tinha que fazer isso na vida de outras mulheres. Eu tinha que mostrar a elas que essa ‘passagem’ pode ter um outro lado: neste caso, uma viagem maravilhosa, para que elas aproveitem esses dias de sol, mar e, principalmente, renovação”, contou Izabella.

A vencedora Maria Ismar enviou um recado em agradecimento pela oportunidade.

Vencedoras
O presente foi mais do que merecido. Além de ter a oportunidade de conhecer outra região do país, as duas vencedoras do concurso de cartas poderão viajar, pela primeira vez em suas vidas, de avião.

A professora Luzia Aparecida Gerondo Dionízio da Silva, de Santa Ernestina (SP), município localizado a 115 km de Barretos, terá a chance de realizar uma viagem com o marido, William.  Receber a notícia de que eu era uma das ganhadoras foi muito emocionante. Eu senti uma alegria indescritível. Quando a gente descobre que está com câncer, nunca imaginamos que isso irá trazer algum tipo de alegria. Ganhar essa viagem é um conforto diante de tudo o que eu passei. Eu chorei muito de emoção, mas agora estou muito ansiosa para viver tudo isso”, afirmou a professora.

A aposentada Maria Ismar de Freitas Consone, de Colíder, cidade do estado de Mato Grosso, não poder comparecer pessoalmente à entrega do prêmio, mas enviou um recado em agradecimento pela oportunidade. Para ela, a viagem será uma grande chance para descansar e espairecer. “Durante os procedimentos, a gente se sente muito cansada, pois é um tratamento longo e de momentos difíceis. Ganhar esse presente vai me ajudar muito! Há anos eu não vou à praia e eu nunca andei de avião. Estou muito feliz por ter sido contemplada e só tenho que agradecer à Azul e ao Instituto do Hospital de Amor, por fortalecerem e alegrarem o meu coração”, declarou.

 

 

Confira os textos das vencedoras do 1º Concurso de Cartas: “Próximo destino: a vitória”.

Carta da Maria Ismar.

 

Carta da Luzia. (página 1)
Carta da Luzia. (página 2)
Carta da Luzia. (página 3)
Carta da Luzia. (página 4)

 

 


Publicado em 27 de dez de 2018   |   Artigos, Destaques, Institucional, Prevenção, Diagnóstico e Tratamento, Pacientes e Familiares