Em sua 6ª edição, Festival Cuidar reúne mais de 450 estudantes de Barretos e região

Mais de 450 estudantes do Ensino Fundamental II e Ensino Médio das redes escolares pública e privada de Barretos e região participaram do evento.

Mais de 450 alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio das redes escolares pública e privada de Barretos e região participaram, no dia 12 de maio, da 6ª edição do Festival Cuidar, desenvolvido pelo Núcleo de Educação em Câncer (NEC) do Hospital de Amor, em parceria com o Hospital São Judas Tadeu, com o objetivo de desmistificar os tabus sobre Cuidados Paliativos existentes na sociedade.

O encerramento do evento ocorreu apresentações artísticas produzidas pelos alunos.

Segundo o coordenador do NEC, Gerson Lúcio Vieira, o projeto é um desafio, pois trabalha um assunto considerado delicado para a comunidade em geral. “A proposta se torna ainda mais desafiadora por abordar esta temática junto aos adolescentes, mesmo sendo através de um festival de apresentações artísticas. Porém, inserir este assunto em ambientes escolares é um exercício interessante, que possibilita a realização de um trabalho de forma mais didática. A ideia é proporcionar aos alunos a conscientização para esta realidade e prepará-los para o futuro”.

Neste ano, o festival, que contou com o apoio da Diretoria Regional de Ensino de Barretos e a Secretaria Municipal de Educação de Monte Azul Paulista, passou por algumas alterações, com a finalidade de levar a informação de maneira mais clara e objetiva. “As orientações e os conteúdos foram passados para um professor responsável de cada escola e não diretamente para os alunos dos grêmios estudantis, como acontecia anteriormente, e sua finalização passou a ser com as apresentações artísticas produzidas pelos alunos, não mais as provas de gincana. Constatamos que estas mudanças contribuíram muito para a melhor compreensão da proposta do projeto”, explicou o coordenador.

Após disputa acirrada, onde a banca julgadora precisou decidir pelo desempate, a Escola Estadual Profª Maria Helena Scannavino foi anunciada como a grande vencedora deste ano.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o termo Cuidados Paliativos é definido como a abordagem que promove qualidade de vida de pacientes e seus familiares diante de doenças que ameaçam a continuidade da vida, através da prevenção e alívio do sofrimento, que requer a avaliação e identificação precoce para o tratamento impecável da dor e de outros problemas de natureza física, psicossocial e espiritual.

Premiação
Entre música, dança, teatro e produções audiovisuais, 17 escolas finalistas se apresentaram no palco do anfiteatro Anna Hora Prata, na Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos – Dr. Paulo Prata (FACISB). Após uma disputa acirrada, onde a banca julgadora precisou decidir pelo desempate, a Escola Estadual Profª Maria Helena Scannavino foi anunciada como a grande vencedora deste ano, levando, além do troféu, o prêmio que dá direito a um dia no Clube Rio das Pedras para 45 alunos. As escolas estaduais Prof. Paulina Nunes de Moraes e Mario Vieira Marcondes, que ficaram em segundo e terceiro lugar respectivamente, também receberam um troféu pela participação.

Confira também o vídeo com os melhores momentos do evento:

 


Publicado em 18 de jun de 2019   |   Destaques, Institucional, Ensino e Pesquisa
Mais de 450 estudantes do Ensino Fundamental II e Ensino Médio das redes escolares pública e privada de Barretos e região participaram do evento.

Mais de 450 alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio das redes escolares pública e privada de Barretos e região participaram, no dia 12 de maio, da 6ª edição do Festival Cuidar, desenvolvido pelo Núcleo de Educação em Câncer (NEC) do Hospital de Amor, em parceria com o Hospital São Judas Tadeu, com o objetivo de desmistificar os tabus sobre Cuidados Paliativos existentes na sociedade.

O encerramento do evento ocorreu apresentações artísticas produzidas pelos alunos.

Segundo o coordenador do NEC, Gerson Lúcio Vieira, o projeto é um desafio, pois trabalha um assunto considerado delicado para a comunidade em geral. “A proposta se torna ainda mais desafiadora por abordar esta temática junto aos adolescentes, mesmo sendo através de um festival de apresentações artísticas. Porém, inserir este assunto em ambientes escolares é um exercício interessante, que possibilita a realização de um trabalho de forma mais didática. A ideia é proporcionar aos alunos a conscientização para esta realidade e prepará-los para o futuro”.

Neste ano, o festival, que contou com o apoio da Diretoria Regional de Ensino de Barretos e a Secretaria Municipal de Educação de Monte Azul Paulista, passou por algumas alterações, com a finalidade de levar a informação de maneira mais clara e objetiva. “As orientações e os conteúdos foram passados para um professor responsável de cada escola e não diretamente para os alunos dos grêmios estudantis, como acontecia anteriormente, e sua finalização passou a ser com as apresentações artísticas produzidas pelos alunos, não mais as provas de gincana. Constatamos que estas mudanças contribuíram muito para a melhor compreensão da proposta do projeto”, explicou o coordenador.

Após disputa acirrada, onde a banca julgadora precisou decidir pelo desempate, a Escola Estadual Profª Maria Helena Scannavino foi anunciada como a grande vencedora deste ano.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o termo Cuidados Paliativos é definido como a abordagem que promove qualidade de vida de pacientes e seus familiares diante de doenças que ameaçam a continuidade da vida, através da prevenção e alívio do sofrimento, que requer a avaliação e identificação precoce para o tratamento impecável da dor e de outros problemas de natureza física, psicossocial e espiritual.

Premiação
Entre música, dança, teatro e produções audiovisuais, 17 escolas finalistas se apresentaram no palco do anfiteatro Anna Hora Prata, na Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos – Dr. Paulo Prata (FACISB). Após uma disputa acirrada, onde a banca julgadora precisou decidir pelo desempate, a Escola Estadual Profª Maria Helena Scannavino foi anunciada como a grande vencedora deste ano, levando, além do troféu, o prêmio que dá direito a um dia no Clube Rio das Pedras para 45 alunos. As escolas estaduais Prof. Paulina Nunes de Moraes e Mario Vieira Marcondes, que ficaram em segundo e terceiro lugar respectivamente, também receberam um troféu pela participação.

Confira também o vídeo com os melhores momentos do evento:

 


Publicado em 18 de jun de 2019   |   Destaques, Institucional, Ensino e Pesquisa