fbpx

Mamografia

O que é mamografia?

A mamografia é um exame radiológico realizado em aparelho específico para avaliação do tecido mamário, chamado mamógrafo.

Com o avanço da tecnologia surgiu a MAMOGRAFIA DIGITAL (computadorizada). A mamografia digital se assemelha a convencional por usar raios X na produção das imagens, porém o sistema é equipado com receptor digital e um computador ao invés de um filme cassete. Com a mamografia digital, a imagem mamográfica é capturada por um detector eletrônico especial de raios X o qual converte a imagem numa foto digital que pode ser revisada no monitor do computador. O radiologista pode alterar a magnificação, orientação, brilho e contraste através do computador para verificar melhor as áreas da mama.

Com esse avanço tecnológico, os exames tornaram-se mais rápidos, a paciente recebe menor dose de raios X com maior qualidade diagnóstica e menor número de repetições durante o exame.

Qual é o objetivo do exame?

A mamografia é, ainda, o método mais eficaz de diagnóstico para a detecção de câncer de mama. Quanto mais precoce a remoção do tumor em sua fase inicial, maior será a chance de cura, podendo ultrapassar os 95 %, além de se obter uma importante melhora na sobrevida da paciente.
A mamografia de rotina, ou seja, a de rastreamento é a melhor oportunidade para detectar precocemente qualquer lesão mamária, antes mesmo que a paciente ou o médico possam notá-las ou palpá-las (cerca de dois anos antes da lesão ser palpável).

A mamografia pode apresentar falso negativo em pelo menos 10% dos casos. Isto é devido à existência de tecido denso, escondendo o câncer sob a aparência dos tecidos normais.

Como é realizada?

A técnica de radiologia irá explicar o exame de maneira detalhada, na tentativa de reduzir a ansiedade que é comum antes da realização do exame. A seguir, irá orientar e auxiliar no posicionamento da paciente junto ao mamógrafo.

A mama será comprimida de maneira lenta e gradual em duas posições, o que pode causar um pequeno desconforto. Essa manobra é importante para que o tecido da glândula mamária seja adequadamente espalhado e eventuais nódulos e microcalcificações sejam caracterizados. Essa manobra será repetida na outra mama.

O exame dura cerca de 30 minutos. Após avaliação do médico radiologista, e em caso de dúvidas, novas imagens complementares podem ser solicitadas.

Existe efeitos colaterais? Quais?

Não existem efeitos colaterais.

Qual é a idade e periodicidade recomendada?

Uma mamografia de base deverá ser feita aos 35 anos de idade. A faixa etária recomendada para rastreamento é a partir dos 40 anos, sendo que dos 40 aos 49 anos será realizada anualmente e dos 50 aos 69 anos, a cada dois anos.


Publicado em 06 de fev de 2018

O que é mamografia?

A mamografia é um exame radiológico realizado em aparelho específico para avaliação do tecido mamário, chamado mamógrafo.

Com o avanço da tecnologia surgiu a MAMOGRAFIA DIGITAL (computadorizada). A mamografia digital se assemelha a convencional por usar raios X na produção das imagens, porém o sistema é equipado com receptor digital e um computador ao invés de um filme cassete. Com a mamografia digital, a imagem mamográfica é capturada por um detector eletrônico especial de raios X o qual converte a imagem numa foto digital que pode ser revisada no monitor do computador. O radiologista pode alterar a magnificação, orientação, brilho e contraste através do computador para verificar melhor as áreas da mama.

Com esse avanço tecnológico, os exames tornaram-se mais rápidos, a paciente recebe menor dose de raios X com maior qualidade diagnóstica e menor número de repetições durante o exame.

Qual é o objetivo do exame?

A mamografia é, ainda, o método mais eficaz de diagnóstico para a detecção de câncer de mama. Quanto mais precoce a remoção do tumor em sua fase inicial, maior será a chance de cura, podendo ultrapassar os 95 %, além de se obter uma importante melhora na sobrevida da paciente.
A mamografia de rotina, ou seja, a de rastreamento é a melhor oportunidade para detectar precocemente qualquer lesão mamária, antes mesmo que a paciente ou o médico possam notá-las ou palpá-las (cerca de dois anos antes da lesão ser palpável).

A mamografia pode apresentar falso negativo em pelo menos 10% dos casos. Isto é devido à existência de tecido denso, escondendo o câncer sob a aparência dos tecidos normais.

Como é realizada?

A técnica de radiologia irá explicar o exame de maneira detalhada, na tentativa de reduzir a ansiedade que é comum antes da realização do exame. A seguir, irá orientar e auxiliar no posicionamento da paciente junto ao mamógrafo.

A mama será comprimida de maneira lenta e gradual em duas posições, o que pode causar um pequeno desconforto. Essa manobra é importante para que o tecido da glândula mamária seja adequadamente espalhado e eventuais nódulos e microcalcificações sejam caracterizados. Essa manobra será repetida na outra mama.

O exame dura cerca de 30 minutos. Após avaliação do médico radiologista, e em caso de dúvidas, novas imagens complementares podem ser solicitadas.

Existe efeitos colaterais? Quais?

Não existem efeitos colaterais.

Qual é a idade e periodicidade recomendada?

Uma mamografia de base deverá ser feita aos 35 anos de idade. A faixa etária recomendada para rastreamento é a partir dos 40 anos, sendo que dos 40 aos 49 anos será realizada anualmente e dos 50 aos 69 anos, a cada dois anos.


Publicado em 06 de fev de 2018