fbpx

Papanicolaou

O que é Papanicolaou?

Papanicolaou é o termo que se utiliza para designar o exame no qual é coletado material celular do colo do útero, sendo posteriormente avaliada por meio de exames microscópicos a existência ou não de alterações específicas nas células em questão.

Qual é o objetivo do exame?

O principal objetivo do exame de Papanicolaou é diagnosticar o câncer do colo do útero ou ainda outras lesões mais leves (chamadas de lesões precursoras) que possam no futuro se transformar na doença.

Como é realizado?

Para a realização do Papanicolaou um profissional de saúde (médico ou enfermeiro) devidamente capacitado promove a introdução de um aparelho através do canal vaginal (espéculo vaginal, também conhecido como “bico de pato”) para alcançar o colo do útero que se localiza no fundo da vagina. Após a identificação do colo uterino é realizado um leve esfregaço na sua superfície utilizando-se para isso espátulas e/ou escovinhas apropriadas. O material coletado é então adequadamente preparado e encaminhado a um laboratório para a análise das células do colo uterino.

Para garantir um resultado correto, a mulher não deve ter relações sexuais (mesmo com camisinha) nos dois dias anteriores ao exame; evitar também o uso de duchas, medicamentos vaginais e anticoncepcionais locais nas 48 horas anteriores à realização do exame. É importante também que não esteja menstruada, porque a presença de sangue pode alterar o resultado.

Existem efeitos colaterais? Quais?

A coleta do teste de Papanicolaou é extremamente simples e não provoca efeitos colaterais importantes. A introdução do espéculo vaginal pode causar algum desconforto que dependerá de fatores individuais de cada paciente.

Após a coleta do material, é comum a mulher apresentar um pequeno sangramento vaginal que cessará espontaneamente em poucas horas.

Qual é a idade e periodicidade recomendada?

Todas as mulheres, sobretudo entre os 25 e 64 anos, que já iniciaram a atividade sexual com coito vaginal (penetração) devem realizar o Papanicolaou.

Inicialmente o teste deverá ser realizado anualmente e após 2 (dois) exames consecutivos negativos com intervalo de 1 (um) ano a mulher deverá ser submetida a novo exame de 3 em 3 anos.


Publicado em 06 de fev de 2018

O que é Papanicolaou?

Papanicolaou é o termo que se utiliza para designar o exame no qual é coletado material celular do colo do útero, sendo posteriormente avaliada por meio de exames microscópicos a existência ou não de alterações específicas nas células em questão.

Qual é o objetivo do exame?

O principal objetivo do exame de Papanicolaou é diagnosticar o câncer do colo do útero ou ainda outras lesões mais leves (chamadas de lesões precursoras) que possam no futuro se transformar na doença.

Como é realizado?

Para a realização do Papanicolaou um profissional de saúde (médico ou enfermeiro) devidamente capacitado promove a introdução de um aparelho através do canal vaginal (espéculo vaginal, também conhecido como “bico de pato”) para alcançar o colo do útero que se localiza no fundo da vagina. Após a identificação do colo uterino é realizado um leve esfregaço na sua superfície utilizando-se para isso espátulas e/ou escovinhas apropriadas. O material coletado é então adequadamente preparado e encaminhado a um laboratório para a análise das células do colo uterino.

Para garantir um resultado correto, a mulher não deve ter relações sexuais (mesmo com camisinha) nos dois dias anteriores ao exame; evitar também o uso de duchas, medicamentos vaginais e anticoncepcionais locais nas 48 horas anteriores à realização do exame. É importante também que não esteja menstruada, porque a presença de sangue pode alterar o resultado.

Existem efeitos colaterais? Quais?

A coleta do teste de Papanicolaou é extremamente simples e não provoca efeitos colaterais importantes. A introdução do espéculo vaginal pode causar algum desconforto que dependerá de fatores individuais de cada paciente.

Após a coleta do material, é comum a mulher apresentar um pequeno sangramento vaginal que cessará espontaneamente em poucas horas.

Qual é a idade e periodicidade recomendada?

Todas as mulheres, sobretudo entre os 25 e 64 anos, que já iniciaram a atividade sexual com coito vaginal (penetração) devem realizar o Papanicolaou.

Inicialmente o teste deverá ser realizado anualmente e após 2 (dois) exames consecutivos negativos com intervalo de 1 (um) ano a mulher deverá ser submetida a novo exame de 3 em 3 anos.


Publicado em 06 de fev de 2018