fbpx

HA encerra o Março Marinho e lança o 7º Concurso de Redação

“Alimentação saudável e atividade física: de olho no futuro sem câncer colorretal” é o tema do 7º Concurso de Redação.

O Concurso de Redação, iniciativa promovida pelo Núcleo de Educação em Câncer (NEC) do Hospital de Amor, já virou tradição entre os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental II, matriculados nas escolas estaduais do Estado de São Paulo e nas escolas privadas da cidade de Barretos (SP). Com o objetivo de difundir o conhecimento e popularizar a ciência, os jovens talentos são estimulados na investigação científica para que, no futuro, possam gerar aprendizado e inovações que beneficiem toda a sociedade.

No último dia 29 de março, o NEC, em parceria com o Departamento de Prevenção e apoio das Secretarias Municipais de Esporte e Cultura, lançou a 7ª edição do concurso, que neste ano traz como tema a prevenção do câncer colorretal (“Alimentação saudável e atividade física: de olho no futuro sem câncer colorretal”), assunto abordado durante o mês de março (conhecido como Março Marinho). O evento, que aconteceu no estacionamento do Ginásio de Esportes João Batista da Rocha – o Rochão, foi aberto a toda comunidade do município e da região e contou com uma programação especial, repleta de atividades físicas e educativas, orientações sobre prevenção, saúde e qualidade, além da presença da unidade móvel de educação ‘Missão Gênese’.

“O Concurso de Redação é, atualmente, uma das principais ferramentas na ampliação do nosso Programa de Divulgação Científica, e as importantes parcerias estabelecidas por meio dele, como o apoio da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, que é composta por 91 Diretorias Regionais de Ensino, e da Secretaria Municipal de Educação de Barretos, são de extrema relevância na obtenção de grandes resultados. A expectativa para este ano é ultrapassar as mais de 19 mil redações produzidas em 2018, levando, assim, para mais pessoas e lugares a mensagem de prevenção, qualidade de vida e, consequentemente, uma cultura de autocuidado e de vida mais saudável”, afirmou coordenador do Núcleo de Educação em Câncer, Gerson Vieira.

A iniciativa é gerar o conhecimento sobre o câncer colorretal, além de dar destaque para a prevenção, que acontece de maneira simples através da atividade física e alimentação saudável em todas as idades.

Março Marinho no Concurso de Redação
Não por acaso, neste ano, o lançamento do Concurso de Redação foi realizado junto ao encerramento da campanha “Março Marinho” – já marcada pela conscientização da importância de se prevenir do câncer colorretal (aquele que acomete o intestino grosso e o reto). Segundo a médica endoscopista e responsável pelo Programa de Rastreamento do Câncer Colorretal do Hospital de Amor, Dra. Denise Guimarães, implantado em Barretos há 3 anos, a incidência da doença vem aumentando progressivamente no país e, ações como esta, trazem resultados importantes. “Assim como o resto do mundo, nós adotamos o mês de março para fazer a campanha e elaboramos uma série de atividades que promovem o conhecimento sobre o câncer colorretal, além de dar destaque para a prevenção, que acontece de maneira simples através da atividade física e alimentação saudável em todas as idades, e do rastreamento para aqueles entre 50 e 65 anos”, declarou.

O Concurso de Redação possui, ao todo, cinto etapas que iniciam hoje, 2 de abril, e seguem até o dia 19 de agosto. Entre as milhares de redações, cinco serão selecionadas e os autores serão premiados com três dias de estágio no Centro de Pesquisa em Oncologia Molecular (CPOM) do HA, onde desenvolverão atividades científicas e laboratoriais, além de serem estimulados a respeito da conscientização sobre os fatores ambientais que podem desencadear o desenvolvido do câncer e outras doenças. Já o primeiro colocado ganhará um notebook, assim como o professor orientador, e os demais finalistas ganharão um tablet. “Os temas das redações são anualmente escolhidos com a intenção de que os estudantes participantes se aproximem da pesquisa”, completou o coordenador do NEC.

Para a dirigente regional de ensino da Diretoria de Ensino da Região de Barretos, Solange de Oliveira Bellini, o projeto tem oferecido oportunidade para implementar e enriquecer o currículo escolar, tanto na área das ciências biológicas, quanto na área de linguagens. “Criou-se, entre os estudantes e profissionais das escolas, a expectativa sobre qual temática a ser desenvolvida a cada ano e quais desafios eles terão que vencer para a melhor colocação dos candidatos e instituições. Isso também colabora para um aprendizado voltado para melhoria das habilidades de investigação, pesquisa, criticidade e criatividade na competência escritora dos jovens, diante das temáticas apresentadas. Paralelo a isso, o desafio de competir com um número maior de candidatos também os coloca diante de uma situação real do aprendizado para a vida cotidiana. Neste sentido, muito ganhamos e muito aprendemos com esta parceria”, declarou.

O professor da Escola Estadual Embaixador Macedo Soares (uma das participantes do concurso), Rildo Vasconcelos, afirma que todo o conteúdo absorvido e repassado aos alunos se torna uma importante ferramenta de prevenção do câncer e de outras doenças, além se tornar uma importante ferramenta de criação de autonomia sobre o saber. “Eu tenho certeza de que tudo que os alunos aprendem por meio deste projeto ultrapassa os muros das escolas e, muitas vezes, se sobrepõe ao que chamamos de educação formal”, declarou.

Confira o cronograma do 7º Concurso de Redação:

 Fase I Período de Produção das Redações nas escolas  Entre 02/04 e 24/05
Fase II

 

Banca de Avaliação nas escolas

Envio das Redações para as Diretorias Regionais de Ensino

Entre 27/05 e 07/06

Até 07/06

Fase III Banca de Avaliação nas Diretorias de Ensino Regionais

Envio das Redações para o NEC

Entre 10/06 e 28/06

 

Até 28/06

Fase IV Banca de Avaliação no Hospital de Câncer de Barretos

Publicação dos nomes dos finalistas no site do Hospital

Entre 01/07 e 26/07

 

 

29/07

Fase V Cerimônia de Premiação dos finalistas

Estágio no Hospital de Câncer de Barretos

07/08

07/08 A 09/08

A expectativa para o Concurso de Redação deste ano é ultrapassar as mais de 19 mil redações produzidas em 2018, levando, assim, para mais pessoas e lugares a mensagem de prevenção, qualidade de vida e, consequentemente, uma cultura de autocuidado e de vida mais saudável.

Publicado em 02 de abr de 2019   |   Artigos, Destaques, Institucional, Ensino e Pesquisa, Prevenção, Diagnóstico e Tratamento
“Alimentação saudável e atividade física: de olho no futuro sem câncer colorretal” é o tema do 7º Concurso de Redação.

O Concurso de Redação, iniciativa promovida pelo Núcleo de Educação em Câncer (NEC) do Hospital de Amor, já virou tradição entre os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental II, matriculados nas escolas estaduais do Estado de São Paulo e nas escolas privadas da cidade de Barretos (SP). Com o objetivo de difundir o conhecimento e popularizar a ciência, os jovens talentos são estimulados na investigação científica para que, no futuro, possam gerar aprendizado e inovações que beneficiem toda a sociedade.

No último dia 29 de março, o NEC, em parceria com o Departamento de Prevenção e apoio das Secretarias Municipais de Esporte e Cultura, lançou a 7ª edição do concurso, que neste ano traz como tema a prevenção do câncer colorretal (“Alimentação saudável e atividade física: de olho no futuro sem câncer colorretal”), assunto abordado durante o mês de março (conhecido como Março Marinho). O evento, que aconteceu no estacionamento do Ginásio de Esportes João Batista da Rocha – o Rochão, foi aberto a toda comunidade do município e da região e contou com uma programação especial, repleta de atividades físicas e educativas, orientações sobre prevenção, saúde e qualidade, além da presença da unidade móvel de educação ‘Missão Gênese’.

“O Concurso de Redação é, atualmente, uma das principais ferramentas na ampliação do nosso Programa de Divulgação Científica, e as importantes parcerias estabelecidas por meio dele, como o apoio da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, que é composta por 91 Diretorias Regionais de Ensino, e da Secretaria Municipal de Educação de Barretos, são de extrema relevância na obtenção de grandes resultados. A expectativa para este ano é ultrapassar as mais de 19 mil redações produzidas em 2018, levando, assim, para mais pessoas e lugares a mensagem de prevenção, qualidade de vida e, consequentemente, uma cultura de autocuidado e de vida mais saudável”, afirmou coordenador do Núcleo de Educação em Câncer, Gerson Vieira.

A iniciativa é gerar o conhecimento sobre o câncer colorretal, além de dar destaque para a prevenção, que acontece de maneira simples através da atividade física e alimentação saudável em todas as idades.

Março Marinho no Concurso de Redação
Não por acaso, neste ano, o lançamento do Concurso de Redação foi realizado junto ao encerramento da campanha “Março Marinho” – já marcada pela conscientização da importância de se prevenir do câncer colorretal (aquele que acomete o intestino grosso e o reto). Segundo a médica endoscopista e responsável pelo Programa de Rastreamento do Câncer Colorretal do Hospital de Amor, Dra. Denise Guimarães, implantado em Barretos há 3 anos, a incidência da doença vem aumentando progressivamente no país e, ações como esta, trazem resultados importantes. “Assim como o resto do mundo, nós adotamos o mês de março para fazer a campanha e elaboramos uma série de atividades que promovem o conhecimento sobre o câncer colorretal, além de dar destaque para a prevenção, que acontece de maneira simples através da atividade física e alimentação saudável em todas as idades, e do rastreamento para aqueles entre 50 e 65 anos”, declarou.

O Concurso de Redação possui, ao todo, cinto etapas que iniciam hoje, 2 de abril, e seguem até o dia 19 de agosto. Entre as milhares de redações, cinco serão selecionadas e os autores serão premiados com três dias de estágio no Centro de Pesquisa em Oncologia Molecular (CPOM) do HA, onde desenvolverão atividades científicas e laboratoriais, além de serem estimulados a respeito da conscientização sobre os fatores ambientais que podem desencadear o desenvolvido do câncer e outras doenças. Já o primeiro colocado ganhará um notebook, assim como o professor orientador, e os demais finalistas ganharão um tablet. “Os temas das redações são anualmente escolhidos com a intenção de que os estudantes participantes se aproximem da pesquisa”, completou o coordenador do NEC.

Para a dirigente regional de ensino da Diretoria de Ensino da Região de Barretos, Solange de Oliveira Bellini, o projeto tem oferecido oportunidade para implementar e enriquecer o currículo escolar, tanto na área das ciências biológicas, quanto na área de linguagens. “Criou-se, entre os estudantes e profissionais das escolas, a expectativa sobre qual temática a ser desenvolvida a cada ano e quais desafios eles terão que vencer para a melhor colocação dos candidatos e instituições. Isso também colabora para um aprendizado voltado para melhoria das habilidades de investigação, pesquisa, criticidade e criatividade na competência escritora dos jovens, diante das temáticas apresentadas. Paralelo a isso, o desafio de competir com um número maior de candidatos também os coloca diante de uma situação real do aprendizado para a vida cotidiana. Neste sentido, muito ganhamos e muito aprendemos com esta parceria”, declarou.

O professor da Escola Estadual Embaixador Macedo Soares (uma das participantes do concurso), Rildo Vasconcelos, afirma que todo o conteúdo absorvido e repassado aos alunos se torna uma importante ferramenta de prevenção do câncer e de outras doenças, além se tornar uma importante ferramenta de criação de autonomia sobre o saber. “Eu tenho certeza de que tudo que os alunos aprendem por meio deste projeto ultrapassa os muros das escolas e, muitas vezes, se sobrepõe ao que chamamos de educação formal”, declarou.

Confira o cronograma do 7º Concurso de Redação:

 Fase I Período de Produção das Redações nas escolas  Entre 02/04 e 24/05
Fase II

 

Banca de Avaliação nas escolas

Envio das Redações para as Diretorias Regionais de Ensino

Entre 27/05 e 07/06

Até 07/06

Fase III Banca de Avaliação nas Diretorias de Ensino Regionais

Envio das Redações para o NEC

Entre 10/06 e 28/06

 

Até 28/06

Fase IV Banca de Avaliação no Hospital de Câncer de Barretos

Publicação dos nomes dos finalistas no site do Hospital

Entre 01/07 e 26/07

 

 

29/07

Fase V Cerimônia de Premiação dos finalistas

Estágio no Hospital de Câncer de Barretos

07/08

07/08 A 09/08

A expectativa para o Concurso de Redação deste ano é ultrapassar as mais de 19 mil redações produzidas em 2018, levando, assim, para mais pessoas e lugares a mensagem de prevenção, qualidade de vida e, consequentemente, uma cultura de autocuidado e de vida mais saudável.

Publicado em 02 de abr de 2019   |   Artigos, Destaques, Institucional, Ensino e Pesquisa, Prevenção, Diagnóstico e Tratamento