fbpx

NEC realiza evento de prestação de contas da carreta educativa “Missão Gênese”

A expectativa para o próximo ano é expandir o acesso da carreta educativa “Missão Gênese” para outras cidades do estado de São Paulo.

Um evento muito especial marcou o encerramento do segundo ano do projeto da carreta educativa “Missão Gênese – Uma Jornada Nanocientífica”. No dia 23 de novembro, o Núcleo de Educação em Câncer (NEC) do Hospital de Amor reuniu parceiros, amigos e viabilizadores da iniciativa, com o intuito de apresentar os resultados obtidos nos anos de 2017 e 2018, além de possibilitar o reencontro de todos que participaram do desenvolvimento e da execução desta importante missão.

Iniciado em agosto de 2017, o projeto ‘Missão Gênese’ surgiu da necessidade de aproximar o público do conhecimento produzido no HA. Diante disso, elaborou-se um trabalho de imersão voltado aos adolescentes, de 11 a 15 anos, na tentativa de difundir a cultura e o conhecimento sobre autocuidado e a prevenção do câncer, levando conscientização às crianças, fazendo com que elas compartilhem essas informações tão importantes em seus meios de convívio. A Missão faz uso de gamificação (uso de mecânicas e dinâmicas de jogos para engajar pessoas, resolver problemas e melhorar o aprendizado, motivando ações e comportamentos em ambientes fora do contexto de jogos) visando proporcionar uma experiência que aborda um tema complexo de maneira lúdica, transformando estudantes em protagonistas de uma aventura de investigação científica.

De acordo com coordenador do NEC, Gerson Vieira, o objetivo do evento de prestação de contas é apresentar para toda a comunidade os resultados obtidos nesse período de um ano e meio e o quanto essas estratégias deram certo. Para ele, a satisfação de todo esse projeto está nos números alcançados. “Encerramos o programa em 2017 abrangendo 90 participantes. Neste ano, os números nos surpreenderam: foram 4.313 alunos que vivenciaram esse experimento e puderam expandir os conhecimentos para dentro de suas casas”, afirmou.

Números
Em 2017, a carreta educativa esteve na cidade de Barretos (SP) e passou pelas escolas E. M. São Francisco, P. E. I Valois Scortecci e E. E. Cel. Silvestre de Lima. Já em 2018, os alunos das escolas P. E. I Prof. Aymoré do Brasil, E. E. Dr. Antônio Olympio, E. E. Cel. Almeida Pinto e E. M. Giuseppe Carnímeo também passaram pela missão.

Confira outras cidades e colégios que também receberam a unidade móvel: Colina (SP) – Colégio Cecília Meireles e Colégio e E. M. Lamounier de Andrade; Piracicaba (SP) – P. E. I Adolpho Carvalho; Brotas (SP) – Colégio Construindo, COC, SESI, Sinhá, Dinah, E. M. Álvaro Calhado; Severínia (SP) – E. M. Victória Maldonado Cazarine e E. M. Esmeralda Duarte da Silva; Colômbia (SP) – E. M. Santa do Prado; Guaíra (SP) – E. E. Enoch Garcia.

Resultados: 4.313 alunos, 466 professores, 1.690 visitações, 6.469 de público total, 25.876 de público atingido indiretamente, 10 cidades, 20 escolas e 6 eventos.

Para o procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT) de Campinas, Dr. Ronaldo José de Lira, a parceria entre o órgão público e a instituição beneficiou milhares de adolescentes, mas o maior mérito são os frutos que o HA conseguiu colher, através de seu trabalho de seriedade, em prol da sociedade. “Em 20 anos de ministério, eu nunca me senti tão realizado e feliz como nesses últimos 4 em que estive tão próximo do Hospital de Amor, graças à parceria com o MPT (Ministério Público do Trabalho). Vocês sempre me agradecem, mas sou eu quem preciso agradecer vocês. Quem quer fazer o bem, encontra obstáculos de todos os tamanhos, mas é preciso ter muita fé para conseguir! Aqui, a gente encontra amor e é isso que eu sinto todas as vezes que venho. Muito obrigado”, declarou.

A expectativa para o próximo ano é expandir o acesso da carreta educativa “Missão Gênese” para outras cidades do estado de São Paulo, especialmente para os municípios onde estão localizadas as unidades do Hospital de Amor. “Após esse momento, a nossa intenção é chegar nos outros estados e em cidades que possuem parcerias com a instituição”, esclareceu o coordenador do NEC.

Dr. Ronaldo Lira, ao lado dos alunos e da diretora da Escola Estadual Prof. Valois Scortecci, Sônia Goreti Baldan Levi.

Depoimentos
Durante a cerimônia de prestação de contas, alguns professores e alunos deram seus depoimentos sobre a experiência de receber a carreta educativa, vivenciar a missão e aprender mais sobre prevenção de câncer e qualidade de vida. Segundo a diretora da Escola Estadual Prof. Valois Scortecci, Sônia Goreti Baldan Levi, os estudantes que tiveram a oportunidade de conhecer a unidade móvel nunca mais serão os mesmos. “Fazer parte desse projeto foi mais do que um sonho! Pudemos ver nossos alunos conversando sobre oncologia, realizando atividades relacionadas ao assunto, entendendo sobre a importância da prevenção e divulgando os conhecimentos adquiridos em suas casas e bairros, foi muito gratificante. Só temos que agradecer pelo conhecimento que todos nós ganhamos”, finalizou Sônia.

Sobre a Carreta Educativa
A concretização do projeto só foi possível graças às verbas do Ministério Público do Trabalho da 15ª Região. Parte dos recursos obtidos em uma ação civil pública foram destinados para cinco iniciativas relacionadas à pesquisa e atendimentos de saúde. O maior deles, orçado em R$ 69,9 milhões, foi para o Hospital de Amor. Desse montante, R$ 34 milhões foram dispostos para a construção do Instituto de Prevenção em Campinas (SP) e de cinco unidades móveis, entre elas, a carreta educativa Missão Gênese.
As tecnologias utilizadas na unidade foram desenvolvidas pela empresa YDreams Global, que opera como parceira de instituições e marcas para reformular a estratégia de atuação por meio de iniciativas relevantes que integrem a experiência digital com o espaço físico e presencial.

O HA reuniu parceiros, amigos e viabilizadores da iniciativa, com o intuito de apresentar os resultados obtidos nos anos de 2017 e 2018, além de possibilitar o reencontro de todos que participaram do desenvolvimento e da execução desta importante missão.
O evento buscou gerar uma interação dos filhos dos colaboradores com o ambiente de trabalho de seus pais, sensibilizando-os sobre a importância da atuação deles dentro do hospital.

Qual a criança que não sonha em conhecer o local de trabalho dos pais? Pensando nisso, o Núcleo de Educação em Câncer (NEC) do Hospital de Amor promoveu no último sábado (20), a 4ª edição do “Meus Filhos, Meu Trabalho”. O evento, que visa valorizar ainda mais a humanização do trabalho desenvolvido pela instituição, buscou gerar uma interação dos filhos dos colaboradores com o ambiente de trabalho de seus pais, sensibilizando-os sobre a importância da atuação deles dentro do hospital e também sobre a qualidade de vida e promoção de saúde.

Os pequenos foram direcionados a salas de computadores para brincar com o “Crianças como Parceiras”.

Durante a ação, cerca de 70 crianças e adolescentes passaram uma manhã diferente e divertida! A garotada conheceu mais sobre os 56 anos de história do Hospital, além de participar das várias atividades, jogos e até sessões de cinema.

Para o coordenador do NEC, Gerson Vieira, a intenção do evento é aproveitar a presença das crianças e não só apresentar a infraestrutura do centro oncológico, como também mostrar a importância do trabalho dos pais em cada departamento. “A participação dos pais com os seus filhos nas atividades propostas foi o nosso desafio. Alguns colaboradores já nos sinalizaram sobre a alegria dos seus filhos em ter participado e já até perguntaram que dia poderiam voltar”, afirmou.

Além de conhecer o Hospital, a garotada participou das várias atividades, jogos e até sessões de cinema.

Cronograma
A movimentação teve início no Hospital de Amor às 08h30, quando as crianças foram convidadas a participar de alongamentos e brincadeiras de boas-vindas. Logo em seguida, tomaram um delicioso café da manhã e seguiram para suas atividades: os pequenos foram direcionados a salas de computadores para brincar com o “Crianças como Parceiras” – plataforma online desenvolvida pelo próprio NEC, em parceria com escolas estaduais e municipais, que visa orientar as crianças sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer. Ao final, puderam curtir um cineminha com o filme “Missão Cegonha” e andar pelos corredores da instituição.

Já os adolescentes puderam viver uma experiência imersiva de maneira lúdica na carreta educativa “Missão Gênese”, onde aprenderam, por meio de jogos e desafios, que hábitos saudáveis e escolhas inteligentes trazem enormes benefícios e diminuem muito os riscos de se desenvolver câncer ao longo da vida. Na sessão de cinema, eles curtiram o filme “Hotel Transilvânia 2”.

A 5ª edição do “Meus Filhos, Meu Trabalho” já está confirmada!

“Ver no rostinho dessa garotada a alegria de conhecer o ambiente de trabalho dos pais, foi muito gratificante. É um evento de grande valia, pois os filhos reconhecem a importância do trabalho de seus pais para a comunidade e, principalmente, sobre a relação de amor deles nos cuidados de outras pessoas”, declarou o coordenador do NEC.

Meus Filhos, Meus Trabalho 2019
O sucesso do evento foi tão grande que a 5ª edição do “Meus Filhos, Meu Trabalho” já está confirmada. “Não podemos estragar as surpresas, mas estamos repletos de ideias para o próximo ano”, finalizou.


Publicado em 23 de out de 2018   |   Artigos, Destaques, Institucional, Ensino e Pesquisa
A expectativa para o próximo ano é expandir o acesso da carreta educativa “Missão Gênese” para outras cidades do estado de São Paulo.

Um evento muito especial marcou o encerramento do segundo ano do projeto da carreta educativa “Missão Gênese – Uma Jornada Nanocientífica”. No dia 23 de novembro, o Núcleo de Educação em Câncer (NEC) do Hospital de Amor reuniu parceiros, amigos e viabilizadores da iniciativa, com o intuito de apresentar os resultados obtidos nos anos de 2017 e 2018, além de possibilitar o reencontro de todos que participaram do desenvolvimento e da execução desta importante missão.

Iniciado em agosto de 2017, o projeto ‘Missão Gênese’ surgiu da necessidade de aproximar o público do conhecimento produzido no HA. Diante disso, elaborou-se um trabalho de imersão voltado aos adolescentes, de 11 a 15 anos, na tentativa de difundir a cultura e o conhecimento sobre autocuidado e a prevenção do câncer, levando conscientização às crianças, fazendo com que elas compartilhem essas informações tão importantes em seus meios de convívio. A Missão faz uso de gamificação (uso de mecânicas e dinâmicas de jogos para engajar pessoas, resolver problemas e melhorar o aprendizado, motivando ações e comportamentos em ambientes fora do contexto de jogos) visando proporcionar uma experiência que aborda um tema complexo de maneira lúdica, transformando estudantes em protagonistas de uma aventura de investigação científica.

De acordo com coordenador do NEC, Gerson Vieira, o objetivo do evento de prestação de contas é apresentar para toda a comunidade os resultados obtidos nesse período de um ano e meio e o quanto essas estratégias deram certo. Para ele, a satisfação de todo esse projeto está nos números alcançados. “Encerramos o programa em 2017 abrangendo 90 participantes. Neste ano, os números nos surpreenderam: foram 4.313 alunos que vivenciaram esse experimento e puderam expandir os conhecimentos para dentro de suas casas”, afirmou.

Números
Em 2017, a carreta educativa esteve na cidade de Barretos (SP) e passou pelas escolas E. M. São Francisco, P. E. I Valois Scortecci e E. E. Cel. Silvestre de Lima. Já em 2018, os alunos das escolas P. E. I Prof. Aymoré do Brasil, E. E. Dr. Antônio Olympio, E. E. Cel. Almeida Pinto e E. M. Giuseppe Carnímeo também passaram pela missão.

Confira outras cidades e colégios que também receberam a unidade móvel: Colina (SP) – Colégio Cecília Meireles e Colégio e E. M. Lamounier de Andrade; Piracicaba (SP) – P. E. I Adolpho Carvalho; Brotas (SP) – Colégio Construindo, COC, SESI, Sinhá, Dinah, E. M. Álvaro Calhado; Severínia (SP) – E. M. Victória Maldonado Cazarine e E. M. Esmeralda Duarte da Silva; Colômbia (SP) – E. M. Santa do Prado; Guaíra (SP) – E. E. Enoch Garcia.

Resultados: 4.313 alunos, 466 professores, 1.690 visitações, 6.469 de público total, 25.876 de público atingido indiretamente, 10 cidades, 20 escolas e 6 eventos.

Para o procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT) de Campinas, Dr. Ronaldo José de Lira, a parceria entre o órgão público e a instituição beneficiou milhares de adolescentes, mas o maior mérito são os frutos que o HA conseguiu colher, através de seu trabalho de seriedade, em prol da sociedade. “Em 20 anos de ministério, eu nunca me senti tão realizado e feliz como nesses últimos 4 em que estive tão próximo do Hospital de Amor, graças à parceria com o MPT (Ministério Público do Trabalho). Vocês sempre me agradecem, mas sou eu quem preciso agradecer vocês. Quem quer fazer o bem, encontra obstáculos de todos os tamanhos, mas é preciso ter muita fé para conseguir! Aqui, a gente encontra amor e é isso que eu sinto todas as vezes que venho. Muito obrigado”, declarou.

A expectativa para o próximo ano é expandir o acesso da carreta educativa “Missão Gênese” para outras cidades do estado de São Paulo, especialmente para os municípios onde estão localizadas as unidades do Hospital de Amor. “Após esse momento, a nossa intenção é chegar nos outros estados e em cidades que possuem parcerias com a instituição”, esclareceu o coordenador do NEC.

Dr. Ronaldo Lira, ao lado dos alunos e da diretora da Escola Estadual Prof. Valois Scortecci, Sônia Goreti Baldan Levi.

Depoimentos
Durante a cerimônia de prestação de contas, alguns professores e alunos deram seus depoimentos sobre a experiência de receber a carreta educativa, vivenciar a missão e aprender mais sobre prevenção de câncer e qualidade de vida. Segundo a diretora da Escola Estadual Prof. Valois Scortecci, Sônia Goreti Baldan Levi, os estudantes que tiveram a oportunidade de conhecer a unidade móvel nunca mais serão os mesmos. “Fazer parte desse projeto foi mais do que um sonho! Pudemos ver nossos alunos conversando sobre oncologia, realizando atividades relacionadas ao assunto, entendendo sobre a importância da prevenção e divulgando os conhecimentos adquiridos em suas casas e bairros, foi muito gratificante. Só temos que agradecer pelo conhecimento que todos nós ganhamos”, finalizou Sônia.

Sobre a Carreta Educativa
A concretização do projeto só foi possível graças às verbas do Ministério Público do Trabalho da 15ª Região. Parte dos recursos obtidos em uma ação civil pública foram destinados para cinco iniciativas relacionadas à pesquisa e atendimentos de saúde. O maior deles, orçado em R$ 69,9 milhões, foi para o Hospital de Amor. Desse montante, R$ 34 milhões foram dispostos para a construção do Instituto de Prevenção em Campinas (SP) e de cinco unidades móveis, entre elas, a carreta educativa Missão Gênese.
As tecnologias utilizadas na unidade foram desenvolvidas pela empresa YDreams Global, que opera como parceira de instituições e marcas para reformular a estratégia de atuação por meio de iniciativas relevantes que integrem a experiência digital com o espaço físico e presencial.

O HA reuniu parceiros, amigos e viabilizadores da iniciativa, com o intuito de apresentar os resultados obtidos nos anos de 2017 e 2018, além de possibilitar o reencontro de todos que participaram do desenvolvimento e da execução desta importante missão.
O evento buscou gerar uma interação dos filhos dos colaboradores com o ambiente de trabalho de seus pais, sensibilizando-os sobre a importância da atuação deles dentro do hospital.

Qual a criança que não sonha em conhecer o local de trabalho dos pais? Pensando nisso, o Núcleo de Educação em Câncer (NEC) do Hospital de Amor promoveu no último sábado (20), a 4ª edição do “Meus Filhos, Meu Trabalho”. O evento, que visa valorizar ainda mais a humanização do trabalho desenvolvido pela instituição, buscou gerar uma interação dos filhos dos colaboradores com o ambiente de trabalho de seus pais, sensibilizando-os sobre a importância da atuação deles dentro do hospital e também sobre a qualidade de vida e promoção de saúde.

Os pequenos foram direcionados a salas de computadores para brincar com o “Crianças como Parceiras”.

Durante a ação, cerca de 70 crianças e adolescentes passaram uma manhã diferente e divertida! A garotada conheceu mais sobre os 56 anos de história do Hospital, além de participar das várias atividades, jogos e até sessões de cinema.

Para o coordenador do NEC, Gerson Vieira, a intenção do evento é aproveitar a presença das crianças e não só apresentar a infraestrutura do centro oncológico, como também mostrar a importância do trabalho dos pais em cada departamento. “A participação dos pais com os seus filhos nas atividades propostas foi o nosso desafio. Alguns colaboradores já nos sinalizaram sobre a alegria dos seus filhos em ter participado e já até perguntaram que dia poderiam voltar”, afirmou.

Além de conhecer o Hospital, a garotada participou das várias atividades, jogos e até sessões de cinema.

Cronograma
A movimentação teve início no Hospital de Amor às 08h30, quando as crianças foram convidadas a participar de alongamentos e brincadeiras de boas-vindas. Logo em seguida, tomaram um delicioso café da manhã e seguiram para suas atividades: os pequenos foram direcionados a salas de computadores para brincar com o “Crianças como Parceiras” – plataforma online desenvolvida pelo próprio NEC, em parceria com escolas estaduais e municipais, que visa orientar as crianças sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer. Ao final, puderam curtir um cineminha com o filme “Missão Cegonha” e andar pelos corredores da instituição.

Já os adolescentes puderam viver uma experiência imersiva de maneira lúdica na carreta educativa “Missão Gênese”, onde aprenderam, por meio de jogos e desafios, que hábitos saudáveis e escolhas inteligentes trazem enormes benefícios e diminuem muito os riscos de se desenvolver câncer ao longo da vida. Na sessão de cinema, eles curtiram o filme “Hotel Transilvânia 2”.

A 5ª edição do “Meus Filhos, Meu Trabalho” já está confirmada!

“Ver no rostinho dessa garotada a alegria de conhecer o ambiente de trabalho dos pais, foi muito gratificante. É um evento de grande valia, pois os filhos reconhecem a importância do trabalho de seus pais para a comunidade e, principalmente, sobre a relação de amor deles nos cuidados de outras pessoas”, declarou o coordenador do NEC.

Meus Filhos, Meus Trabalho 2019
O sucesso do evento foi tão grande que a 5ª edição do “Meus Filhos, Meu Trabalho” já está confirmada. “Não podemos estragar as surpresas, mas estamos repletos de ideias para o próximo ano”, finalizou.


Publicado em 23 de out de 2018   |   Artigos, Destaques, Institucional, Ensino e Pesquisa