fbpx

IV Simpósio de Educação em Saúde do HA traz a relação entre o bem-estar mental e a educação

Anualmente, o Núcleo de Educação em Câncer (NEC) do Hospital de Amor reúne educadores e profissionais da saúde para o “Simpósio de Educação em Saúde”, que neste ano aconteceu no dia 8 de novembro, com o intuito de promover o diálogo sobre temáticas que versam os campos da educação e da saúde, tendo em vista a troca de experiências e a oportunidade de pensar estratégias que embasem os trabalhos e projetos que interfiram na realidade e cotidiano da sociedade atual.

O Simpósio contou com a apresentação de trabalhos orais e pôsteres, além das apresentações artísticas do Grupo Virtuoso e do Coral Acordes Vocais.

Em sua quarta edição, o evento trouxe como temática central a importante relação entre o bem-estar mental e a educação, trabalhada por meio de workshops e palestras ministradas por nomes de destaque no cenário nacional, como a neurocientista Carla Tieppo, doutora em ciências pela Universidade de São Paulo (USP), pesquisadora e especialista sobre o funcionamento do sistema nervoso e suas relações com a mente e o comportamento humano.

Segundo a Dra. Carla Tieppo, existe um aspecto muito importante em se trabalhar a saúde mental dentro da educação, “fundamentalmente porque preservar a saúde mental e trabalhar a prevenção em patologias de saúde mental está diretamente relacionada a qualidade de vida. E qualidade de vida é algo que a gente constrói, é algo que se educa para ter”, ressalta.

O coordenador do NEC, Gerson Lucio Vieira, explica que a temática escolhida vai de encontro com o propósito do Núcleo, que é a de impulsionar e propagar informações que promovam conhecimento sobre qualidade de vida e promoção de saúde, tornando o indivíduo autônomo, independente e consciente no que diz respeito ao seu bem-estar físico e mental.

Com cerca de 140 participantes, o Simpósio contou, ainda, com a apresentação de trabalhos orais e pôsteres, além das apresentações artísticas do Grupo Virtuoso e do Coral Acordes Vocais, formado por médicos, pesquisadores e colaboradores do Hospital de Amor.

 

Em sua quarta edição, o evento trouxe como temática central a importante relação entre o bem-estar mental e a educação, trabalhada por meio de workshops e palestras ministradas por nomes de destaque no cenário nacional.

Publicado em 19 de nov de 2019   |   Artigos, Destaques, Institucional, Ensino e Pesquisa, Prevenção

Anualmente, o Núcleo de Educação em Câncer (NEC) do Hospital de Amor reúne educadores e profissionais da saúde para o “Simpósio de Educação em Saúde”, que neste ano aconteceu no dia 8 de novembro, com o intuito de promover o diálogo sobre temáticas que versam os campos da educação e da saúde, tendo em vista a troca de experiências e a oportunidade de pensar estratégias que embasem os trabalhos e projetos que interfiram na realidade e cotidiano da sociedade atual.

O Simpósio contou com a apresentação de trabalhos orais e pôsteres, além das apresentações artísticas do Grupo Virtuoso e do Coral Acordes Vocais.

Em sua quarta edição, o evento trouxe como temática central a importante relação entre o bem-estar mental e a educação, trabalhada por meio de workshops e palestras ministradas por nomes de destaque no cenário nacional, como a neurocientista Carla Tieppo, doutora em ciências pela Universidade de São Paulo (USP), pesquisadora e especialista sobre o funcionamento do sistema nervoso e suas relações com a mente e o comportamento humano.

Segundo a Dra. Carla Tieppo, existe um aspecto muito importante em se trabalhar a saúde mental dentro da educação, “fundamentalmente porque preservar a saúde mental e trabalhar a prevenção em patologias de saúde mental está diretamente relacionada a qualidade de vida. E qualidade de vida é algo que a gente constrói, é algo que se educa para ter”, ressalta.

O coordenador do NEC, Gerson Lucio Vieira, explica que a temática escolhida vai de encontro com o propósito do Núcleo, que é a de impulsionar e propagar informações que promovam conhecimento sobre qualidade de vida e promoção de saúde, tornando o indivíduo autônomo, independente e consciente no que diz respeito ao seu bem-estar físico e mental.

Com cerca de 140 participantes, o Simpósio contou, ainda, com a apresentação de trabalhos orais e pôsteres, além das apresentações artísticas do Grupo Virtuoso e do Coral Acordes Vocais, formado por médicos, pesquisadores e colaboradores do Hospital de Amor.

 

Em sua quarta edição, o evento trouxe como temática central a importante relação entre o bem-estar mental e a educação, trabalhada por meio de workshops e palestras ministradas por nomes de destaque no cenário nacional.

Publicado em 19 de nov de 2019   |   Artigos, Destaques, Institucional, Ensino e Pesquisa, Prevenção