fbpx

HA realiza prestação de contas 2018 com evento de agradecimento aos doadores

A abertura da solenidade contou com a presença do presidente da instituição, Henrique Prata.

O Hospital de Amor – referência em oncologia, que acolhe pacientes de todo o país – realizou, no dia 2 de setembro, seu evento anual de prestação de contas, referente ao ano de 2018. O “Amigos pela Vida” aconteceu em Barretos (SP), no alojamento Lar de Amor, e reuniu representantes de empresas parceiras da instituição, com objetivo de apresentar, com transparência, o trabalho desenvolvido pelo hospital, além de conscientizar a sociedade sobre a importância das contribuições.

Apresentando o montante de aproximadamente R$ 69.400 milhões captados, o encontro ressaltou a necessidade dos recursos para custear todas as 34 unidades (fixas e móveis) espalhadas pelo Brasil, que realizam exames, tratamento e cirurgias com profissionalismo e humanização.

A abertura da solenidade contou com a presença do presidente da instituição, Henrique Prata, que enalteceu o apoio recebido para a manutenção de projetos da entidade. “Agradeço aos doadores e parceiros por serem entusiastas do trabalho que realizamos. É gratificante perceber que nossos resultados são alcançados pelas doações, pelo empenho, pela dedicação e pelo envolvimento de toda população”, afirmou.

Durante a cerimônia – que também teve apresentações do Dr. Luiz Fernando Lopes (diretor médico do Hospital de Amor Infantojuvenil); Dra. Neysimélia Villela (médica coordenadora da unidade de transplante de medula óssea do Hospital de Amor Infantojuvenil); Kelly de Brito Coelho (secretária de assistência social e desenvolvimento humano do município de Barretos); Anna Carolina Romão Abdo (assistente de projetos sociais do Hospital de Amor); e Henrique Moraes Prata (diretor de responsabilidade social do Hospital de Amor) – os participantes puderam assistir a uma apresentação musical, realizada pelos pacientes da unidade infantojuvenil e um emocionante relato de Marcelo Marcon, o famoso Palhaço Mingal.

Após um delicioso almoço servido no IRCAD América Latina, eles se dividiram em grupos para visitar o novo Centro de Transplante de Medula Óssea Pediátrico, a ala de Reabilitação, o Instituto de Ensino e Pesquisa e o Hospital São Judas Tadeu (a unidade de cuidados paliativos de atenção do idoso do HA).

João Paulo Vergueiro é diretor-executivo da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR).

Para o diretor-executivo da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), João Paulo Vergueiro, as organizações da sociedade civil, como o Hospital de Amor, são mantidas, principalmente, com o apoio de quem acredita nelas, ou seja, com a doação de empresas e indivíduos que entendem o impacto que esta instituição traz para vida das pessoas. “Eventos como o “Amigos pela Vida” são fundamentais justamente porque reforçam esse vínculo do HA com seus doadores, inspiram as pessoas a doar mais e mostram transparência e resultado do que está sendo realizado. É, portanto, uma oportunidade para fortalecer o relacionamento do Hospital de Amor com a comunidade. E a gente sai de lá com a vontade de doar ainda mais”, declarou.

Segundo o diretor de responsabilidade social do Hospital de Amor, Henrique Moraes Prata, o evento deste ano representou um amadurecimento dos ‘amigos pela vida’ desde sua primeira edição, o que pode ser comprovado pelo entusiasmo dos participantes e renovações de parcerias durante a visita dos doadores. “Abrir as portas e acolher os amigos e apoiadores (pessoas físicas e jurídicas) é uma obrigação de todas as instituições filantrópicas”, esclareceu.

Números de 2018
Em 2018, a maior captação de recursos veio por meio da Lei do Idoso: foram repassados R$ 54.577.370,71. Já o projeto relacionado à Lei da Criança e do Adolescente, apresentado ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente de Barretos, arrecadou R$ 6.253.215,93 – valor totalmente utilizado no tratamento de pacientes da unidade infantojuvenil do HA.

Henrique Moraes Prata é diretor de responsabilidade social do HA.

Os projetos por meio da Lei Rouanet, apresentados pelo Instituto Sociocultural HCB, renderam R$ 3.874.713,43, levando também cultura e alegria aos pacientes, familiares, cuidadores e colaboradores. Através do Pronon, foram recebidos R$ 4.756.528,22 para o projeto de rastreamento e detecção precoce de tumores; e para o Pronas, foram arrecadados R$ 1.597.168,85 para os dois projetos de ampliação do serviço de reabilitação do paciente oncológico.

“Por tudo isso e pelo que está por vir, agradecemos a todas as pessoas físicas e jurídicas que apoiam e ancoram nossas esperanças com generosidade e carinho. Essas ações são fundamentais para o funcionamento e a manutenção dos 11 hospitais fixos de prevenção, cinco unidades de tratamento e mais 18 unidades móveis do Hospital de Amor, que beneficiam milhares de pessoas”, finalizou o diretor de responsabilidade social do HA.

O evento de prestação de contas é realizado anualmente. Se você é doador do Hospital de Amor, empresário ou tem interesse em saber mais sobre a instituição, basta encaminhar um e-mail para escritoriosp@hcancerbarretos.com.br, ou acessar: hospitaldeamor.com.br/incentivofiscal.

O “Amigos pela Vida” aconteceu em Barretos (SP), no alojamento Lar de Amor, e reuniu representantes de empresas parceiras da instituição, com objetivo de apresentar, com transparência, o trabalho desenvolvido pelo hospital, além de conscientizar a sociedade sobre a importância das contribuições.
Participantes do evento “Amigos pela Vida” junto dos colaboradores do Hospital de Amor.

Apresentando um novo nome e formato, o Hospital de Amor realizou mais um evento de prestação de contas, desta vez, referente ao ano de 2017. O “Amigos pela Vida” aconteceu na última segunda-feira, dia 3 de setembro, e reuniu representantes de empresas parceiras da instituição e de companhias que possuem projetos para futuras colaborações, com o objetivo de fidelizar as entidades e mostrar a transparência no trabalho desenvolvido pelo Hospital.

Realizado no IRCAD América Latina, em Barretos (SP), e diferente dos eventos realizados em anos anteriores, o encontro trouxe uma experiência inesquecível aos participantes! Após as boas-vindas, eles se dividiram em grupos para visitar o Hospital São Judas Tadeu (a unidade de cuidados paliativos e de atenção do idoso do HA), o Hospital de Amor Infantojuvenil e o Instituto de Ensino e Pesquisa. Durante o almoço, eles puderam conhecer os projetos de captação de recursos, discutir as ações e interagir com os profissionais da instituição.

A idealizadora do “Evento Degustar”, Márcia Costa, recebe prêmio da paciente Larissa.

Na emocionante cerimônia, algumas empresas foram premiadas em quatro categorias relacionadas a várias frentes de atuação.

1º prêmio – categoria “Parceria mais longeva e pioneira”: Evento Degustar;
2º prêmio – categoria “Projeto inovador”: Azul Linhas Aéreas;
3º prêmio – categoria “Projeto de grande impacto”: Marfrig;
4º prêmio – categoria “Consultoria de maior destaque”: Abrace Uma Causa.

Para o diretor de responsabilidade social do Hospital de Amor, Henrique Moraes Prata, a intenção de transformar o evento em algo que ultrapassasse os limites do “prestar contas”, é fazer com que os doadores se reconheçam como parte dessa grande obra social, que possuí inúmeros desafios a serem superados todos os dias, e abracem essa causa para ajudar a vencer as dificuldades. “Queríamos que eles olhassem a instituição não apenas como doadores, mas que sentissem na pele que a motivação de todos os profissionais do HA é levar humanização, acolhimento e dignidade ao tratamento dos pacientes”.

De acordo com o presidente do Hospital de Amor, Henrique Prata, a instituição só consegue manter suas portas abertas, oferecendo o melhor, mais moderno e humanizado atendimento aos milhares de pacientes, graças ao grande apoio empresarial. “Nós, do Hospital de Amor, somos iguais a todos os outros grandes centros, porém, diferente deles, nós não temos recursos (apesar de nos igualarmos na renúncia fiscal). E como nós estamos sobrevivendo? Graças à importante contribuição de empresas que amam fazer o bem, assim como o HA. A nossa transparência é o que os motiva a abraçar essa causa”, afirmou.

Ao final de seu discurso, Prata se mostrou orgulhoso com as parcerias e enalteceu a atitude dos participantes. “Nossa intenção com esse evento é que vocês se sintam orgulhosos de ajudar o Hospital de Amor. Invistam no que puderem, pois nós estaremos fazendo a diferença na vida das pessoas, independentemente de qualquer custo. Agradeço, imensamente, e peço a Deus que continue protegendo vocês!”, finalizou.

Ação do projeto “Bibliotecar”, desenvolvido pelo Instituto Sociocultural do HA.

Projetos de incentivos fiscais
O envolvimento de pessoas físicas e jurídicas através das renúncias fiscais incentiva diversos projetos do HA. Conheça alguns deles:
– Projeto de Amparo ao Idoso: centenas de milhares de pacientes com mais de 60 anos foram beneficiados com os recursos dessa lei. O Hospital São Judas Tadeu atende os pacientes que são encaminhados do Centro de Intercorrência, Centro Clínico – Cirúrgico e Médico, Radioterapia, Quimioterapia e Ambulatório do próprio Hospital de Amor. É composto por 50 leitos, exclusivos para cuidados paliativos, onde são atendidos 120 pacientes internados por mês.

– Projeto Cuidar: tem o intuito de arcar com o custeio para o tratamento, prevenção e pesquisa do câncer infantojuvenil. Em 2017, foram atendidos 27.610 pacientes pediátricos, vindos de todos os estados do país.

Há também várias outras iniciativas socioculturais apoiadas nesse contexto, que integram cultura, saúde e ciência, visando proporcionar momentos de entretenimento. São elas: Biblioteca Ambulante, Coral Acordes Vocais, Concerto da Esperança, Espetáculo de dança “A Bela e a Fera”, Espetáculo “O Mundo Encantado de Mila”, Arte para a Vida, Projeto Palhaços da Alegria e Bibliotecar.

Gerente de de comunicação, cultura e responsabilidade social da Azul, Carolina Constantino, durante cerimônia do evento.

Parceria de sucesso
Uma das grandes parceiras do Hospital de Amor é a Azul Linhas Aéreas. Há 2 anos contribuindo com a instituição, a empresa leva prevenção a mulheres da diagnosticadas com câncer de mama através do projeto “Conexão Azul Rosa”.

Entre outubro do ano passado e setembro de 2018, a parceria entre a companhia e o hospital tornou menos cansativo o tratamento de 30 mulheres da região de Petrolina, em Pernambuco, e de Juazeiro, na Bahia. Após o sucesso dessa 1ª etapa, a Azul anunciou uma novidade durante o evento “Amigos pela Vida”: o número de pacientes beneficiadas e de cidades atendidas pelo projeto será ampliado, e a empresa também apoiará a capacitação de técnicas em mamografia, transporte de cargas do hospital e eventuais mutirões de cirurgia.

“É com muita alegria e orgulho que a Azul Linhas Aéreas anuncia, em primeira mão, que a fatigante caminhada ao longo do tratamento do câncer de mama se tornará mais leve, menos dolorosa e mais digna para 60 mulheres diagnosticadas com a doença em Nova Andradina (MS), Campo Grande (MS), Juazeiro (BA), Lagarto (SE), Porto Velho (RO), Macapá (AM) e Ji-Paraná (RO) – cidades que contam com unidades fixas de prevenção do HA. São milhares de novos casos de câncer na mama, e a primeira etapa do Conexão Azul Rosa nos mostrou a força e o impacto de nossa atuação social em Juazeiro e Petrolina. Por isso, decidimos dobrar o número de mulheres e ampliar as cidades atendidas pelas unidades fixas dos Hospital, sinalizando que a causa abraçada no Outubro Rosa é trabalhada ao longo de todo o ano aqui na Azul. Cada vez mais temos percebido o poder que a aviação tem, promovendo mais dignidade àquelas que enfrentam esse momento delicado em suas vidas”, ressaltou a gerente de comunicação, cultura e responsabilidade da Azul, Carolina Constantino.

O evento de prestação de contas é realizado anualmente. Se você é doador do Hospital de Amor, empresário ou tem interesse em saber mais sobre a instituição, basta encaminhar um e-mail para escritoriosp@hcancerbarretos.com.br, ou acesse: www.hospitaldeamor.com.br.


Publicado em 07 de set de 2018   |   Artigos, Destaques, Institucional, Captação de Recursos
A abertura da solenidade contou com a presença do presidente da instituição, Henrique Prata.

O Hospital de Amor – referência em oncologia, que acolhe pacientes de todo o país – realizou, no dia 2 de setembro, seu evento anual de prestação de contas, referente ao ano de 2018. O “Amigos pela Vida” aconteceu em Barretos (SP), no alojamento Lar de Amor, e reuniu representantes de empresas parceiras da instituição, com objetivo de apresentar, com transparência, o trabalho desenvolvido pelo hospital, além de conscientizar a sociedade sobre a importância das contribuições.

Apresentando o montante de aproximadamente R$ 69.400 milhões captados, o encontro ressaltou a necessidade dos recursos para custear todas as 34 unidades (fixas e móveis) espalhadas pelo Brasil, que realizam exames, tratamento e cirurgias com profissionalismo e humanização.

A abertura da solenidade contou com a presença do presidente da instituição, Henrique Prata, que enalteceu o apoio recebido para a manutenção de projetos da entidade. “Agradeço aos doadores e parceiros por serem entusiastas do trabalho que realizamos. É gratificante perceber que nossos resultados são alcançados pelas doações, pelo empenho, pela dedicação e pelo envolvimento de toda população”, afirmou.

Durante a cerimônia – que também teve apresentações do Dr. Luiz Fernando Lopes (diretor médico do Hospital de Amor Infantojuvenil); Dra. Neysimélia Villela (médica coordenadora da unidade de transplante de medula óssea do Hospital de Amor Infantojuvenil); Kelly de Brito Coelho (secretária de assistência social e desenvolvimento humano do município de Barretos); Anna Carolina Romão Abdo (assistente de projetos sociais do Hospital de Amor); e Henrique Moraes Prata (diretor de responsabilidade social do Hospital de Amor) – os participantes puderam assistir a uma apresentação musical, realizada pelos pacientes da unidade infantojuvenil e um emocionante relato de Marcelo Marcon, o famoso Palhaço Mingal.

Após um delicioso almoço servido no IRCAD América Latina, eles se dividiram em grupos para visitar o novo Centro de Transplante de Medula Óssea Pediátrico, a ala de Reabilitação, o Instituto de Ensino e Pesquisa e o Hospital São Judas Tadeu (a unidade de cuidados paliativos de atenção do idoso do HA).

João Paulo Vergueiro é diretor-executivo da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR).

Para o diretor-executivo da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), João Paulo Vergueiro, as organizações da sociedade civil, como o Hospital de Amor, são mantidas, principalmente, com o apoio de quem acredita nelas, ou seja, com a doação de empresas e indivíduos que entendem o impacto que esta instituição traz para vida das pessoas. “Eventos como o “Amigos pela Vida” são fundamentais justamente porque reforçam esse vínculo do HA com seus doadores, inspiram as pessoas a doar mais e mostram transparência e resultado do que está sendo realizado. É, portanto, uma oportunidade para fortalecer o relacionamento do Hospital de Amor com a comunidade. E a gente sai de lá com a vontade de doar ainda mais”, declarou.

Segundo o diretor de responsabilidade social do Hospital de Amor, Henrique Moraes Prata, o evento deste ano representou um amadurecimento dos ‘amigos pela vida’ desde sua primeira edição, o que pode ser comprovado pelo entusiasmo dos participantes e renovações de parcerias durante a visita dos doadores. “Abrir as portas e acolher os amigos e apoiadores (pessoas físicas e jurídicas) é uma obrigação de todas as instituições filantrópicas”, esclareceu.

Números de 2018
Em 2018, a maior captação de recursos veio por meio da Lei do Idoso: foram repassados R$ 54.577.370,71. Já o projeto relacionado à Lei da Criança e do Adolescente, apresentado ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente de Barretos, arrecadou R$ 6.253.215,93 – valor totalmente utilizado no tratamento de pacientes da unidade infantojuvenil do HA.

Henrique Moraes Prata é diretor de responsabilidade social do HA.

Os projetos por meio da Lei Rouanet, apresentados pelo Instituto Sociocultural HCB, renderam R$ 3.874.713,43, levando também cultura e alegria aos pacientes, familiares, cuidadores e colaboradores. Através do Pronon, foram recebidos R$ 4.756.528,22 para o projeto de rastreamento e detecção precoce de tumores; e para o Pronas, foram arrecadados R$ 1.597.168,85 para os dois projetos de ampliação do serviço de reabilitação do paciente oncológico.

“Por tudo isso e pelo que está por vir, agradecemos a todas as pessoas físicas e jurídicas que apoiam e ancoram nossas esperanças com generosidade e carinho. Essas ações são fundamentais para o funcionamento e a manutenção dos 11 hospitais fixos de prevenção, cinco unidades de tratamento e mais 18 unidades móveis do Hospital de Amor, que beneficiam milhares de pessoas”, finalizou o diretor de responsabilidade social do HA.

O evento de prestação de contas é realizado anualmente. Se você é doador do Hospital de Amor, empresário ou tem interesse em saber mais sobre a instituição, basta encaminhar um e-mail para escritoriosp@hcancerbarretos.com.br, ou acessar: hospitaldeamor.com.br/incentivofiscal.

O “Amigos pela Vida” aconteceu em Barretos (SP), no alojamento Lar de Amor, e reuniu representantes de empresas parceiras da instituição, com objetivo de apresentar, com transparência, o trabalho desenvolvido pelo hospital, além de conscientizar a sociedade sobre a importância das contribuições.
Participantes do evento “Amigos pela Vida” junto dos colaboradores do Hospital de Amor.

Apresentando um novo nome e formato, o Hospital de Amor realizou mais um evento de prestação de contas, desta vez, referente ao ano de 2017. O “Amigos pela Vida” aconteceu na última segunda-feira, dia 3 de setembro, e reuniu representantes de empresas parceiras da instituição e de companhias que possuem projetos para futuras colaborações, com o objetivo de fidelizar as entidades e mostrar a transparência no trabalho desenvolvido pelo Hospital.

Realizado no IRCAD América Latina, em Barretos (SP), e diferente dos eventos realizados em anos anteriores, o encontro trouxe uma experiência inesquecível aos participantes! Após as boas-vindas, eles se dividiram em grupos para visitar o Hospital São Judas Tadeu (a unidade de cuidados paliativos e de atenção do idoso do HA), o Hospital de Amor Infantojuvenil e o Instituto de Ensino e Pesquisa. Durante o almoço, eles puderam conhecer os projetos de captação de recursos, discutir as ações e interagir com os profissionais da instituição.

A idealizadora do “Evento Degustar”, Márcia Costa, recebe prêmio da paciente Larissa.

Na emocionante cerimônia, algumas empresas foram premiadas em quatro categorias relacionadas a várias frentes de atuação.

1º prêmio – categoria “Parceria mais longeva e pioneira”: Evento Degustar;
2º prêmio – categoria “Projeto inovador”: Azul Linhas Aéreas;
3º prêmio – categoria “Projeto de grande impacto”: Marfrig;
4º prêmio – categoria “Consultoria de maior destaque”: Abrace Uma Causa.

Para o diretor de responsabilidade social do Hospital de Amor, Henrique Moraes Prata, a intenção de transformar o evento em algo que ultrapassasse os limites do “prestar contas”, é fazer com que os doadores se reconheçam como parte dessa grande obra social, que possuí inúmeros desafios a serem superados todos os dias, e abracem essa causa para ajudar a vencer as dificuldades. “Queríamos que eles olhassem a instituição não apenas como doadores, mas que sentissem na pele que a motivação de todos os profissionais do HA é levar humanização, acolhimento e dignidade ao tratamento dos pacientes”.

De acordo com o presidente do Hospital de Amor, Henrique Prata, a instituição só consegue manter suas portas abertas, oferecendo o melhor, mais moderno e humanizado atendimento aos milhares de pacientes, graças ao grande apoio empresarial. “Nós, do Hospital de Amor, somos iguais a todos os outros grandes centros, porém, diferente deles, nós não temos recursos (apesar de nos igualarmos na renúncia fiscal). E como nós estamos sobrevivendo? Graças à importante contribuição de empresas que amam fazer o bem, assim como o HA. A nossa transparência é o que os motiva a abraçar essa causa”, afirmou.

Ao final de seu discurso, Prata se mostrou orgulhoso com as parcerias e enalteceu a atitude dos participantes. “Nossa intenção com esse evento é que vocês se sintam orgulhosos de ajudar o Hospital de Amor. Invistam no que puderem, pois nós estaremos fazendo a diferença na vida das pessoas, independentemente de qualquer custo. Agradeço, imensamente, e peço a Deus que continue protegendo vocês!”, finalizou.

Ação do projeto “Bibliotecar”, desenvolvido pelo Instituto Sociocultural do HA.

Projetos de incentivos fiscais
O envolvimento de pessoas físicas e jurídicas através das renúncias fiscais incentiva diversos projetos do HA. Conheça alguns deles:
– Projeto de Amparo ao Idoso: centenas de milhares de pacientes com mais de 60 anos foram beneficiados com os recursos dessa lei. O Hospital São Judas Tadeu atende os pacientes que são encaminhados do Centro de Intercorrência, Centro Clínico – Cirúrgico e Médico, Radioterapia, Quimioterapia e Ambulatório do próprio Hospital de Amor. É composto por 50 leitos, exclusivos para cuidados paliativos, onde são atendidos 120 pacientes internados por mês.

– Projeto Cuidar: tem o intuito de arcar com o custeio para o tratamento, prevenção e pesquisa do câncer infantojuvenil. Em 2017, foram atendidos 27.610 pacientes pediátricos, vindos de todos os estados do país.

Há também várias outras iniciativas socioculturais apoiadas nesse contexto, que integram cultura, saúde e ciência, visando proporcionar momentos de entretenimento. São elas: Biblioteca Ambulante, Coral Acordes Vocais, Concerto da Esperança, Espetáculo de dança “A Bela e a Fera”, Espetáculo “O Mundo Encantado de Mila”, Arte para a Vida, Projeto Palhaços da Alegria e Bibliotecar.

Gerente de de comunicação, cultura e responsabilidade social da Azul, Carolina Constantino, durante cerimônia do evento.

Parceria de sucesso
Uma das grandes parceiras do Hospital de Amor é a Azul Linhas Aéreas. Há 2 anos contribuindo com a instituição, a empresa leva prevenção a mulheres da diagnosticadas com câncer de mama através do projeto “Conexão Azul Rosa”.

Entre outubro do ano passado e setembro de 2018, a parceria entre a companhia e o hospital tornou menos cansativo o tratamento de 30 mulheres da região de Petrolina, em Pernambuco, e de Juazeiro, na Bahia. Após o sucesso dessa 1ª etapa, a Azul anunciou uma novidade durante o evento “Amigos pela Vida”: o número de pacientes beneficiadas e de cidades atendidas pelo projeto será ampliado, e a empresa também apoiará a capacitação de técnicas em mamografia, transporte de cargas do hospital e eventuais mutirões de cirurgia.

“É com muita alegria e orgulho que a Azul Linhas Aéreas anuncia, em primeira mão, que a fatigante caminhada ao longo do tratamento do câncer de mama se tornará mais leve, menos dolorosa e mais digna para 60 mulheres diagnosticadas com a doença em Nova Andradina (MS), Campo Grande (MS), Juazeiro (BA), Lagarto (SE), Porto Velho (RO), Macapá (AM) e Ji-Paraná (RO) – cidades que contam com unidades fixas de prevenção do HA. São milhares de novos casos de câncer na mama, e a primeira etapa do Conexão Azul Rosa nos mostrou a força e o impacto de nossa atuação social em Juazeiro e Petrolina. Por isso, decidimos dobrar o número de mulheres e ampliar as cidades atendidas pelas unidades fixas dos Hospital, sinalizando que a causa abraçada no Outubro Rosa é trabalhada ao longo de todo o ano aqui na Azul. Cada vez mais temos percebido o poder que a aviação tem, promovendo mais dignidade àquelas que enfrentam esse momento delicado em suas vidas”, ressaltou a gerente de comunicação, cultura e responsabilidade da Azul, Carolina Constantino.

O evento de prestação de contas é realizado anualmente. Se você é doador do Hospital de Amor, empresário ou tem interesse em saber mais sobre a instituição, basta encaminhar um e-mail para escritoriosp@hcancerbarretos.com.br, ou acesse: www.hospitaldeamor.com.br.


Publicado em 07 de set de 2018   |   Artigos, Destaques, Institucional, Captação de Recursos